Crise na Grã-Bretanha facilita filmagens de novo ‘Star Wars’


A saga de Guerra nas Estrelas vai continuar, desta vez ajudada pela crise do capitalismo, no Reino Unido

Correio do Brasil / BBC Brasil

“A crise econômica no Reino Unido facilitou a vida dos produtores de cinema de Hollywood. O mais recente filme da série Star Wars será filmado na Grã-Bretanha, segundo informações da produtora Lucasfilm, responsável pela franquia. Para atrair as filmagens do sétimo capítulo da série de ficção científica, o ministro das Finanças britânico, George Osborne, chegou a ter reuniões com executivos da Disney, proprietária da Lucasfilm, em Londres, no início do ano. E a produção poderá obter isenção fiscal.

A produção do longo metragem deverá ter início no ano que vem e a previsão é de que o lançamento aconteça em 2015. Nos últimos anos, centenas de filmes se beneficiaram do esquema de isenção fiscal para produções cinematográficas que determina que pelo menos 25% do total de gastos com uma produção sejam feitos na Grã-Bretanha. Os produtores podem pedir até um total de isenção fiscal equivalente a até 80% do valor do orçamento das filmagens na Grã-Bretanha.

O ministro George Osborne afirmou que a decisão da Lucasfilm era uma “prova clara” de que os incentivos oferecidos para os grandes estúdios de cinema estão fazendo do país um destino atraente.

– Eu acredito ser um voto de confiança na indústria criativa da Grã-Bretanha. E um grande filme como esse – uma das mais famosas, talvez a mais famosa franquia cinematográfica do mundo – traz com ele não apenas empregos para atores e diretores, mas também a todas as outras pessoas por trás dessa grandiosa produção – afirmou.

Os comentários do ministro das Finanças foram realizados durante um encontro do G7, o grupo dos países mais ricos do mundo, realizado em Londres. Osborne revelou ainda que seu personagem favorito da série era o piloto Han Solo, vivido pelo ator Harrison Ford.

De volta à casa

Filmagens de produções mais antigas da série Star Wars também foram realizadas na Grã-Bretanha. Em um comunicado, a presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, afirmou: “Dedicamos muito tempo e atenção para revisitar as origens de Star Wars como inspiração para o novo filme. Estou empolgada em retornar à Grã-Bretanha”.

O ator britânico Warwick Davis, que interpretou um ewok em Star Wars: Episódio 6 – O Retorno do Jedi, afirmou que a decisão representa um “retorno às raízes”.

“Foi onde Star Wars começou, em 1976″, afirma, em referência ao primeiro filme da série, Star Wars: Episódio 4 – Uma Nova Esperança, que foi filmado nos estúdios Elstree, na região de Hertfordshire, na Inglaterra.

Além desse, os outros dois filmes que compõem a trilogia original, Star Wars: Episódio 5 – O Império Contra-Ataca e Star Wars: Episódio 6 – O Retorno do Jedi, foram filmados na Grã-Bretanha.

O próximo filme da série, que retomará a trama do ponto em que ela parou em O Retorno do Jedi se chamará Star Wars: Episódio 7 e será dirigido por JJ Abrams, de Star Trek. O roteiro será assinado pelo autor Michael Arndt, de Pequena Miss Sunshine.

Os seis filmes da franquia Star Wars renderam até hoje um total de US$ 4,4 bilhões (cerca de R$ 9 bilhões).”

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...