Top 10 de filmes e séries que estranhamente previram o futuro

Wilson Roberto Vieira Ferreira, Cinegnose

A vida imita a arte? Ou há algo mais complexo nas relações entre a ficção midiática e os eventos reais? O Cinegnose tenta dissecar essa questão fazendo o Top 10 dos filmes e séries que supostamente teriam previsto eventos reais como atentados, assassinatos, descobertas científicas e conquistas tecnológicas. Profecias? Coincidências? Ou contaminações sincromísticas do “continuum” midiático que envolve a todos nós?

Para o Gnosticismo a realidade é uma ilusão. Para além das considerações filosóficas, ontológicas ou cosmológicas dessa afirmação, para o Cinegnose a hipótese sincromística seria mais um argumento a favor dessa suspeita gnóstica. Pelo Sincromisticismo, as relações entre a realidade e as narrativas ficcionais midiáticas sobre a realidade são mais complexas do que o velho provérbio de que “a vida imita a arte”.

Haveria uma complexa relação entre os conteúdos midiáticos sedimentados em memes e arquétipos e os acontecimentos sociais, econômicos e políticos. A onipresença dos meios de comunicação criaria um “contínuo midiático atmosférico” que apresentaria estranhas contaminações da ficção na realidade. E o movimento contrário: a realidade contaminando a ficção, de maneira que filmes tornam-se peças de uma agenda (agenda setting) política ou econômica mais ampla.

O exemplo mais atual é o do filme de Ridley Scott Perdido em Marte (The Martian, 2015) que é lançado no momento em que a NASA e o presidente Barack Obama mobilizam esforços para aprovar orçamento no Congresso para o projeto de uma missão tripulada ao planeta vermelho. Logo depois do lançamento do filme, a NASA anuncia a descoberta de água em Marte.

Nesse caso temos uma visível estratégia de relações públicas chamada de agenda setting, tática de criar uma suposta pertinência de uma pauta para a opinião pública."
Matéria Completa, ::AQUI::

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...