13 filmes perturbadores para qualquer sexta-feira 13


Brasil Post  

"Respire fundo e seja bem vindo ao inferno. Para o nosso especial de Sexta-Feira 13 resolvemos ir além da tradicional lista de filmes clássicos com monstros de borracha e sangue feito com xarope de milho.
Em nossa lista, 13 filmes vindos de diferentes décadas e assinados por diferentes diretores. Apenas registros alimentados por imagens essencialmente perturbadoras, feitas para brincar e provocar a mente do espectador.

Fã de Freddy Krueger, Jason e Jogos Mortais? É bom pensar duas (ou mais) vezes antes de procurar por cada um dos filmes listados abaixo. Na dúvida, não assista nenhum deles.
ATENÇÃO: contém imagens fortes. Não nos responsabilizamos pelos seus pesadelos.

#01. Aniversário Macabro (1972)

 Diretor: Wes Craven

Duas garotas são sequestradas, estupradas e mortas por um grupo de bandidos. Em fuga, o grupo acaba caindo na propriedade dos pais de uma das garotas, transformando os caçadores em caça. Um dos clássicos do cinema de horror dos anos 1970 e a base para uma centena de filmes do gênero.

A cena perturbadora: um órgão sexual arrancado com a boca.


#02. A invasora (2007)

Diretor: Alexandre Bustillo / Julien Maury

Grávida, a fotógrafa Sarah resolve passar a última noite antes do parto do filho em casa e sozinha. No meio da noite, uma mulher misteriosa invade a propriedade e tenta arrancar a criança da barriga da mulher. Corpos carbonizados, tiros e litros de sangue preenchem o restante das cenas.
A cena perturbadora: o parto feito com uma tesoura.

#03. Prisão de Cristal (1987)

 Diretor: Augustí Villaronga

Depois de cometer uma série de abusos contra crianças durante a 2ª Guerra Mundial, um ex-oficial do exército nazista tenta cometer suicídio, porém, sobrevive e acaba preso a um pulmão de ferro. Imobilizado, o homem acaba aos cuidados de um dos jovens que foi abusado por ele durante a infância.
A cena perturbadora: a ejaculação no rosto do homem imobilizado.

#04. Irreversível (2002)

 Diretor: Gaspar Noé

Estupro, assassinato e violência extrema em uma sequência de imagens apresentadas de trás para frente. Construído de forma (quase) ininterrupta, o filme dirigido por Gaspar Noé acompanha o encontro de um grupo de amigos em uma noite parisiense.

A cena perturbadora: a cena do estupro.

#05. Violência Gratuita (1997)



Diretor: Michael Haneke

A filmografia do diretor austríaco Michael Haneke é marcada por películas de violência domésticas e cenas essencialmente perturbadoras, poucas tão tensas quanto em Violência Gratuita. Durante o filme, dois jovens "se divertem" com uma família a partir de jogos psicológicos, tortura e assassinato.

A cena perturbadora: a cena do controle remoto.

#06. Centopeia Humana 2 (2011)

Diretor: Tom Six

Enquanto o primeiro filme da "franquia" Centopeia Humana abraça o humor, tamanho o exagero das cenas e atuações, a sequência da película acerta ao revelar o oposto. Agressivo e escatológico, o filme sustenta uma carga de cenas em preto e branco marcadas por abusos, sangue, morte e outras imagens feitas para revirar o estômago do espectador.
A cena perturbadora: as diversas cenas de "cirurgia".


#07. Campo 731: Bactérias – A Maldade Humana (1988)

 Diretor: Tun Fei Mou

Baseado em fatos reais, Campo 731: Bactérias – A Maldade Humana mostra as experiências feitas pelo exército japonês contra soldados chineses durante a 2ª Guerra Mundial. Além da agressividade das imagens, corpos de cadáveres reais foram utilizados durante as filmagens, que ainda contam com abusos contra animais e um catálogo de cenas grotescas.

A cena perturbadora: todas as cenas de tortura.


#08. Holocausto Canibal (1980)

 Diretor: Ruggero Deodato

Proibido em diversos países, Holocausto Canibal mostra o que aconteceu com um grupo de documentaristas desaparecidos na selva amazônica. Extremamente brutal, a película transporta lentamente o público para o ambiente instável apresentado nas imagens.

A cena perturbadora: a morte (real) de uma tartaruga gigante.

#09. O Assassino (2001)

Diretor: Takashi Miike

Mais conhecido pelo título de Ichi the Killer, a obra-prima do cineasta Takashi Miike é (quase) literalmente um banho de sangue. Centrado em uma crise na máfia japonesa, o filme envolve tortura, corpos decepados e sangue, muito sangue. Se a imagem acima causa desconforto, melhor nem assistir.
A cena perturbadora: além do GIF acima, a cena do corpo sendo partido ao meio é fortíssima.

#10. Eraserhead (1977)


 Diretor: David Lynch

Filme responsável por apresentar o trabalho do cineasta David Lynch, Eraserhead é uma fina representação do surrealismo que acompanha a obra do diretor. Filmado em preto e branco, a película é uma coleção de imagens tão estranhas, quanto hipnóticas, típicas da filmografia do norte-americano.
A cena perturbadora: a cena em que o "bebê" é cortado.


#11. Terror sem Limites (2010)

 Diretor: Srđan Spasojević

Proibido de ser exibido em diversos países, entre eles o Brasil, Terror sem Limites - A Serbian Film, no original - acompanha um veterano do cinema pornô durante as filmagens de um misterioso filme repleto de cenas grotescas, pedofilia e morte. Propositadamente gratuito, o filme é o debut do diretor sérvio Srđan Spasojević.

A cena perturbadora: a cena de sexo com um bebê recém-nascido.

#12. Anticristo (2009)

  Diretor: Lars Von Trier

Para se recuperar da morte do filho pequeno, um casal (Willem Dafoe e Charlotte Gainsbourg) resolve se isolar em uma cabana na floresta. Sexo explícito, mutilação genital e uma variedade de signos visuais relacionados ao "peso" da mulher na sociedade acompanham a trama sombria assinada e dirigida por Lars Von Trier.

A cena perturbadora: a mutilação genital - corte e esmagamento dos membros - do casal de protagonistas.

#13. Saló ou os 120 Dias de Sodoma (1975)

 Diretor: Pier Paolo Pasolini

Inspirado na obra de Marquês de Sade, o filme acompanha a ação de quatro fascistas italianos e seus abusos contra um grupo de jovens durante a 2º Guerra. Trancados em uma mansão, os aristocratas dividem suas ações em três atos: Círculo das Manias (sexo), Círculo das Fezes (escatologia) e o Círculo do Sangue (tortura).

A cena perturbadora: o grande banquete, em que todos os presentes são obrigados a comer um prato de fezes.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...