Marina: candidata a Deusa!

"Marina afirma que paira acima de todas as contradições existentes na sociedade brasileira. Se vencedora para o cargo de Deusa, governará com todos e todas 

José Augusto Valente, Carta Maior

O debate de ontem (26/8), na TV Bandeirantes, mostrou o “upgrade” da visão messiânica que Marina Silva tem de si mesma. Ela não é mais candidata a presidenta, mas candidata a Deusa!

Essa é a tal da “terceira via” da zelota Marina da Silva!

Em primeiro lugar, Marina afirma que paira acima de todas as contradições existentes na sociedade brasileira. A disputa política e ideológica entre a esquerda e a centro-direita só existe na cabeça de uns radicais. Na dela, está tudo muito bem organizado. Existe o bem e o mal, os bons e os maus.

Com isso, ela quer dizer que essa coisa de partido político não serve para nada. Se vencedora para o cargo de Deusa, governará com todos e todas do bem. Ela afirma querer contribuir para apartar a sociedade e que essa polarização esquerda x direita, PT x PSDB, tem que acabar, pois não serve ao país!
Ela quer unir todo mundo, quer ser a Deusa de todos e todas. Em seu governo tanto Serra, quanto Suplicy, e quem sabe o pastor Everaldo, terão vez. O “marinismo” superará qualquer luta de classes, qualquer conflito de interesses.

Em outubro de 2013, durante entrevista ao programa "É Notícia", da RedeTV, a deputada do PSB Luiza Erundina - atual coordenadora da campanha de Marina -, explicitou o que vimos no debate de ontem, sem meias palavras.

Disse ela que Marina "entra no senso comum da sociedade, do ponto de vista de negar a política, negar os partidos" e que ao negar a política e os partidos, Marina "desorganiza, deseduca politicamente". (clique aqui para ver o vídeo)
 


O Congresso Nacional, que será eleito agora, terá que se adaptar à nova realidade marinista. Não haverá negociações – o que ela chama de “toma lá, dá cá’”.

O que está por trás dessa idéia é que as pessoas não precisam saber das propostas concretas dela. Bastarão algumas ideias gerais, tipo “blá-blá-blá”.

Como Deusa, que será, bastará que todos tenham fé nela e tudo será resolvido!

Alguém perguntará: como ela conseguirá conciliar a reforma agrária radical que o MST deseja com a reforma agrária nenhuma pela qual luta a bancada ruralista? Ou a privatização radical do Pastor Everaldo com a estatização completa que quer a Luciana? Ou ainda a Petrobrás brasileira e soberana da Dilma com a Petrobrax estrangeira de Aécio? Todos eles representam interesses presentes na nossa sociedade e os avanços se dão à custa de se fazer muita política. A menos que ela tenha alguma fórmula mágica.

Pelo que vi ontem, ela acredita que sendo eleita Deusa, tudo é possível!"

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...